0
  • No products in the cart.

Replicante #02: Veludo Azul

 

“It’s a strange world, isn’t it?”

 

Comemorando os 30 anos da estreia do filme no Brasil, a segunda edição do Projeto Replicante trouxe de volta ao cinema um clássico escrito e dirigido por David Lynch: Veludo Azul (Blue Velvet), em cópia restaurada e exibição única.

Para muitos a obra-prima de Lynch, o filme traz Kyle MacLachlan (o futuro Agente Cooper da série Twin Peaks) como Jeffrey Beaumont, um estudante que encontra uma orelha decepada em um terreno abandonado de uma pequena cidade dos EUA. A descoberta é o portal de entrada para um mundo sombrio de sexo, drogas e insanidade, levando Jeffrey de encontro a personagens tão perturbados quanto inesquecíveis — como a cantora de cabaré Dorothy Vallens (Isabella Rossellini) e o psicopata Frank Booth (Dennis Hopper).

Colidindo sensualidade e violência, voyeurismo e inocência, sonho e desespero, Veludo Azul é o retrato perturbador de uma pequena cidade capturada pelo Pesadelo Americano, tão polêmico e impactante hoje quanto foi há 30 anos.

Nos dias que antecederam o final da nova temporada de Twin Peaks, esta edição da Replicante trouxe também algumas surpresas para os fãs do seriado. Antes do filme, a partir das 20h, a cantora Bela Moschkovich e a Blue Rose Band se apresentaram com músicas inspiradas na série e no universo peculiar de David Lynch.

Para essa sessão especial, a Replicante contou ainda com um pôster criado especialmente para o evento pelo ilustrador Cristiano Siqueira (crisvector.com), cujo projeto de ilustrar um cartaz diferente para cada episódio de Twin Peaks fez sucesso nas redes sociais.

Veludo Azul (Blue Velvet)
Dir: David Lynch
EUA – 1986 – 120′ – DCP – Legendado
Classificação indicativa: 18 anos

 

 

 

GALERIA DO EVENTO

Fotos: Raphael de Souza Rocha